Close

22 de maio de 2018

“Quando seu filho sente-se excluído em sala de aula por ter alergia alimentar”

Na semana passada, uma mamãe me chamou para conversar.

Ela é nossa cliente há muitos anos e se tornou uma amiga querida.

Sempre chega aqui na SOS Alergia super animada. Porém, desta vez eu percebi que estava abatida.

Ela me contou que no dia anterior a professora de sua filha decidiu ensinar “subtração” para os alunos utilizando um bolo. Com certeza, a ideia foi fantástica e memorável, mas a professora esqueceu de avisar minha cliente que faria essa atividade. Não tenho dúvidas que ela teria providenciado um pedaço de bolo para sua filha.

Muito consciente dos riscos que corre ao ingerir algo com leite, a menininha disse à professora que não poderia comer o bolo, mas sentiu-se profundamente triste por não poder partilhar daquele momento tão especial. Lágrimas escorreram por sua face e a sensação de sentir-se excluída invadiu seu coração…

Ao retornar da escola, sua mãe percebeu que algo havia acontecido. Quando sua filha contou o ocorrido, ela também foi tomada por um misto de tristeza, mágoa e revolta.

Quando me chamou para conversar, a mamãe me perguntou o que eu achava que ela deveria fazer. Pensei um pouco e comentei: “Eu acho que você não deveria fazer nada agressivo como falar com o diretor da escola ou fazer uma postagem acusatória similar aos que muitos têm feito de forma impulsiva nas redes sociais. Sugeri que fosse conversar pessoalmente com a professora, de forma gentil e amorosa, explicando o quanto o ocorrido foi difícil para sua filha e também para toda a família.

Eu sinceramente acredito que podemos vencer grandes lutas usando “flores” ao invés de “armas”, “sorrisos” ao invés de “gritos” e “amor” ao invés de “ódio”.

Sei que nem sempre conseguiremos um resultado positivo e algumas vezes, será preciso tomar medidas mais agressivas, mas acho que vale a pena tentar. Se do outro lado existir uma pessoa de bom senso…  o aprendizado poderá cooperar para que ela se torne alguém melhor e consequentemente coopere para tornar o mundo melhor.

 

SOBRE A AUTORA:

Sandra F. Yamashita Matunoshita é formada em Teologia, Serviço Social e Tecnologia em Alimentos. Desde 2004 é a sócia proprietária da rede de franquias SOS Alergia, atuando como Diretora Executiva. Vencedora do prêmio Mulher de Negócios 2013 do Sebrae SP na categoria Pequenas Empresas. “Ama o que faz e para quem faz”. Casada com o empresário Frank Matunoshita com quem possui dois filhos que são os mascotinhos da marca SOS Alergia: Dandan e Mimi.