Close

27 de junho de 2019

Quer saber como a Mariana ficou curada da APLV?

Meu nome é Márcia. Pra começar nossa história, quero voltar 20 anos quando, com três meses de idade, minha amada filha Mariana foi diagnosticada com uma severa APLV (Alergia a Proteína do Leite de Vaca). A alergia era tão séria que ela precisou receber acompanhamento médico no Hospital das Clínicas, em São Paulo.
 
Foram 10 anos de muita luta, dos três aos treze anos.
A descoberta da alergia foi um grande susto que resultou numa mudança muito radical em nossas vidas. Vale lembrar que nessa época não havia no mercado os produtos que hoje encontramos com mais facilidade.
 
Eu fazia buscas na 💻 internet a procura de alimentos🍞🥧 sem leite para comprar, mas não havia nada! Continuava pesquisando porque queria que minha filha tivesse uma “vida normal”, sem tantas restrições, como poder comer um brigadeiro, um ovo de páscoa, um bolo🎂 e até mesmo uma bala. Até que em 2006 ou 2007, não me recordo exatamente, pelo ORKUT, descobri uma “tal” SOS Alergia, mas com tantas restrições que minha filha tinha, como eu poderia confiar nos produtos dessa empresa que eu não conhecia? Foi quando resolvi ligar para a SOS Alergia em busca de informações e quem me atendeu foi a doce e meiga Sandra. Depois de uma longa conversa e de ter ouvido a sua história com as alergias não tinha como não confiar, afinal quem é alérgico sabe bem os riscos que envolvem essa situação tão delicada.
 
Algo que chamou bastante a atenção foi descobrir que a Sandra cursava 👩‍🎓Tecnologia em Alimentos na FATEC. Pensei: Quanta dedicação! Puxa, que alívio, finalmente encontrei alguém que me entendia e tinha produtos que poderiam fazer a vida da minha filha mais feliz! Foi a partir daí que começamos a nossa história que eu ouso chamar de “amizade com a SOS Alergia”.
Não tem preço ver um filho feliz, não é mesmo? E graças a SOS Alergia, em 2010, ela pode comer pela primeira vez um Panetone, que para ela foi pura felicidade!
 
Foram vários os pedidos que fizemos e fomos atendidos, além das trocas de informações.
 
Somos abençoados por DEUS porque nossa filha está curada! Aos 13 anos ela foi a primeira criança do HC a fazer o processo de dessensilibilização quando “o veneno foi o antídoto” como sempre digo, pois o tratamento consiste em ministrar pequenas doses diluídas de leite até chegar ao leite puro numa quantidade de um copo que ela, obrigatoriamente, tem que tomar todos os dias até hoje. Esse procedimento foi acompanhado por diversos profissionais da saúde.
 
Fico imensamente feliz pelo crescimento das lojas, da linha de produtos, pela expansão das franquias, enfim, pelo sucesso da SOS Alergia! Meu sonho inclusive, na época, era abrir uma SOS Alergia em Santos.
 
Para finalizar, desejo que a SOS Alergia tenha muito mais sucesso ainda📈 e quero expressar nossa 😍ETERNA GRATIDÃO🙏 por todas as alegrias que pode nos proporcionar!
A SOS Alergia sempre terá um lugar mais do que especial em nossos corações! ❤️❤️❤️
 
Parabéns pelos 15 anos!
 
Conte comigo sempre, pois continuo engajada para que principalmente as crianças alérgicas tenham a merecida inclusão! 🥰

Márcia, Mariana e Edson Fernandes.